Os Benefícios da Cirurgia Torácica Minimamente Invasiva

A cirurgia torácica minimamente invasiva é um conceito de tratamento cirúrgico que permite a realização de procedimentos através de pequenas incisões (cortes na pele). Este conceito não está relacionado apenas ao benefício estético muito superior quando comparado aos métodos cirúrgicos convencionais, mas também à utilização de técnicas especiais que promovem: menor dor no pós-operatório, mínimo sangramento, menor tempo de internação hospitalar e retorno precoce às atividades físicas e laborais. A cirurgia torácica minimamente invasiva pode ser utilizada em diversas situações clínicas como:

  • Tratamento da hiperidrose (sudorese excessiva);
  • Diagnóstico e tratamento do câncer de pulmão;
  • Diagnóstico e tratamento do câncer de esôfago;
  • Diagnóstico e tratamento dos derrames pleurais;
  • Diagnóstico e tratamento dos tumores do mediastino;
  • Tratamento da Miastenia Gravis (timectomia);
  • Tratamento do enfisema pulmonar (cirurgia redutora de volume pulmonar);
  • Tratamento do pneumotórax espontâneo, entre outras.

Os procedimentos são realizados em centro cirúrgico com salas devidamente equipadas, com utilização de instrumentos especiais e com auxilio de endoocâmeras que transmitem imagens da cirurgia para monitores de alta resolução em tempo real (Figuras 1 e 2).

Figura 1. Cirurgia minimamente invasiva
do câncer de pulmão em sala inteligente
Figura 2. Incisão da cirurgia minimamente
do câncer de pulmão

O Dr. Flávio Brito é referência na realização de procedimentos minimamente invasivos no âmbito da cirurgia torácica.

Prepare-se para a Cirurgia

Embora cada procedimento cirúrgico possa demandar preparo específico, há pontos comuns que devem ser observados por qualquer paciente que será submetido a uma operação.

Veja Mais

Cuidados no Pós-Cirúrgico

Observar de maneira precisa as orientações médicas é parte determinante para a recuperação pós-cirúrgica. O paciente tem grande responsabilidade no restabelecimento de sua saúde.

Veja Mais